Diário de Bordo 2 - Você pode fazer qualquer coisa - Parte 9: Últimas compras de Natal/Meu dia de Natal

by - 14:55

Nos últimos dois fins de semana, meus dias foram bem agitados e eu mal tive tempo de ficar online, e o post sobre o fim de semana da semana passada ficou bem ruim, mas hoje eu vou contar tudo direito.
As última parte das compras de Natal começou no dia 21/12 (dia do fim do mundo!), quando nós fomos até o shopping aqui perto aproveitar. Minha mãe já tinha combinado que daria 500 reais pra cada uma então naquele dia ela cumpriu o combinado. Nada dá uma liberdade maior do que poder entrar em lojas como a Riachuelo, C&A, Marisa e poder realmente gastar. Naquele dia eu comprei um sapato perfeito, um vestido branco lindo que eu usei ontem, uma camisa estilo bata floral que foi cara, mas ficou perfeita em mim, uma saia de cintura alta linda, um sutiã fofinho e uma blusa que eu achei bonitinha e só comprei porque minhas blusas no estilo dela estão meio velhas. Eu tô pensando em fazer um "O dia em que o my melodie virou um blog de moda 2" com as roupas de eu comprei.
No meio dessas compras eu ainda tive tempo de vomitar no meio do shopping a caminho do banheiro (eu tô bem, foi só um momento ruim. E acreditem, esse não foi o pior lugar em que eu vomitei nem de longe) e eu ainda fui na psicóloga. Com tudo isso feito, a gente chegou em casa nos 46:30 do segundo tempo pra arrumar as coisas pra visita de um grupo da igreja que aconteceria aqui em casa. A gente correu bastante pra deixar tudo pronto, e no fim deu tudo certo. Depois da visita aqui em casa, eu e a minha irmã fomos com o pessoal para a igreja porque lá ia acontecer uma vigília (um culto de oração que dura a noite toda) que duraria até as 6h do dia seguinte. Eu - que estou tomando os antidepressivos que ainda me causavam efeitos colaterais no dia (agora já diminuíram bastante) - não consegui ficar até o fim da vigília porque me senti muito tonta e fui pra casa umas 23h totalmente acabada e só me joguei no sofá e dormi. Nem lembro como fui para na cama.
No dia seguinte a gente acordou lá pra umas 11 horas, o que inclui minha irmã que chegou 7h da igreja totalmente acabada. Nesse dia eu não comprei nada, a gente só andou por Bangu um pouco então minha mãe teve que ir pro salão com a minha irmã e eu voltei pra casa pra ver filme e escrever o post do dia 22. Depois disso, nós fomos pra festa de aniversário do meu tio que na verdade não é bem meu tio (mais sobre isso depois).
O domingo a gente passou todo em casa. Nem fomos pra igreja porque minha mãe não tava muito bem e deu preguiça, então eu fiquei em casa terminando de ler Harry Potter e a Câmara Secreta.
Na segunda finalmente terminei as compras de Natal, primeiro a gente foi em Bangu comprar umas coisas no calçadão.. E foi lá que eu comprei o vestido perfeito que usei na ceia a noite:


Depois de alguns presentes de Natal comprado e de a gente ter almoçado no Spoleto (queimei a língua, como sempre), nós fomos pro meu shopping preferido, na Barra. É loucura ir pra Barra de condução num feriado, mas até que o ônibus foi bem rápido como no meu aniversário. E foi lá que eu acabei minhas compras de Natal.
Primeiro, fomos na Saraiva pegar as compras que fizemos no site e mandamos entregar lá na loja pra não pagar frete. Essa compra incluía Devoted (o livro da Hilary Duff que eu ganhei de presente de Natal da minha mãe junto com os 500 reais), o DVD de Sonhos no Gelo e mais algumas coisas pra minha mãe e minha irmã. Depois nós fomos na Leader e na Renner olhar algumas coisas, não compramos nada em nenhuma das lojas. Então minha mãe quis sentar um pouco e como ela sabia que eu tinha tirado ela e não queria ver o presente antes da hora, e ela tinha tirado minha irmã e pedido pra eu ir comprar o presente pra minha irmã não ver, ela foi com a minha irmã pra uma das praças de alimentação e me deixou livre pelo shopping, depois que eu comprei um milkshake de goiaba.
Eu voltei pra Saraiva pra comprar o CD pra minha irmã (o Take Me Home, minha irmã é Directioner) e aproveitei e comprei Sonhos da Alyson Nöel pra mim mesma de Natal. Então comecei a andar pelo shopping procurando o presente da minha mãe. Nada nesse mundo é mais complicado que comprar presente pra mãe, nada parece suficiente pra ela e o que é suficiente é muito caro. Eu fui até a Josefina, uma loja de bijuterias bem feminina e fofinha. E cara. Eu não contei pra minha mãe, mas o presente dela - um colar e uma bolsinha - deu 63 reais no total. Valeu a pena, é tudo lindo, mas seria bom se fosse mais barato.
Quando eu voltei, nós andamos mais um pouco e fomos até a C&A, onde eu comprei outro sutiã e uma sandália rasteira, dando assim um fim oficial às minhas compras de Natal.
Quando a gente chegou em casa, eu coloquei os presentes embaixo da arvore sem embalar mesmo e postei a foto no Instagram pra todo mundo ver:


Eu já tinha postado uma foto da decoração de Natal boba da casa:


Então eu fiquei no computador e arrumando as coisas pra ceia e conversando com pessoas e tendo momentos de alegria doce e natalina. (Coisa minha :P) E então fomos pra ceia.
Pra explicar onde foi a ceia, eu preciso explicar a dinâmica da minha família aqui no Rio.
Primeiro, eu tenho dois tios em primeiro grau nesse estado minha tia que mora em São João de Meriti e meu tio que mora em Araruama. Só que eles não convivem comigo o tempo todo. As pessoas que convivem são essas: Minha tia-avó que mora dois andares abaixo de mim que tem duas filhas, primas da minha mãe e minhas primas em segundo grau. Essa tia avó é casada com o filho da prima da mãe dela. O irmão desse meu tio-avô/primo em sei lá qual grau tem um irmão que também é primo em sei lá qual grau e foi ele que fez aniversário no sábado e que tem a casa onde foi a ceia. Ele tem dois filhos e duas meia-irmãs que não tem parentesco nenhum com a gente, mas são da família porque são legais. É com esse povo confuso todo que a gente convive.
Na ceia tudo aconteceu bem rápido, o amigo secreto em que eu fui tirada por uma das irmãs do meu tio/primo muito distante e ganhei um livro e uma caixa decorada e depois a comilança e então lá pra 1h30 da manhã voltamos pra casa.
O dia de Natal foi só mais um entre vários. Almoço de resto de ceia de dia e igreja a noite. Lá finalmente minha mãe pode apresentar a cantata que não pode no Canta Natal, que realmente aconteceu dia 20, eu até tinha vídeos pra postar mas o áudio tá muito ruim.
E para a acabar com o Natal com chave de ouro, hoje eu postei a foto dos meus presentes de Natal hoje:


É isso.. Agora é só esperar o ano novo.
G.

You May Also Like

2 comentários

  1. AMEI a sua caneca de Natal, quero uma também *---*

    ResponderExcluir
  2. onde comprou a caneca?

    ResponderExcluir