Diário de Bordo 2 - Você pode fazer qualquer coisa - Parte 26: Primeiro dia do 2º ano.

by - 11:24

Já tava com saudades de acordar 6h todo santo dia e vestir aquele uniforme ridículo pra passar 5 horas e meia na escola com um bando de gente e professores chatos. Só que não. Eu só queia que as aulas voltassem porque tava entediada demais, e minhas férias foram boas o suficiente.
A questão é que ontem eu acordei nesse horário, tomei café e vesti o uniforme ridículo pra poder ir para a minha primeira aula do 2º ano. Cheguei na escola 3 minutos antes do sinal tocar, o que pra quem ano passado só chegou na hora em outubro é um milagre. É a primeira vez que eu estudo na mesma escola por dois anos seguidos desde 2009 então foi meio decepcionante conferir a lista da minha turma, 201, e ver que são praticamente os mesmos alunos. Só tem 3 alunos novos (um deles, devo dizer, lindo pra caramba) e não tem os que repetiram de ano, mas o resto, igual. Mas de certa forma, é meio que bom ter só alunos já conhecidos, pular aquela parte da tensão de aluna nova e de ter que mostrar quem eu sou pras pessoas. Eu estou numa turma em que todo mundo sabe que eu sou a garota quietinha que passa o tempo todo em que não está estudando, lendo e que tira boas notas e escreve bem e isso facilita muito as coisas.
Minha primeira aula, foi de física. Na verdade, o professor passou a aula toda falando sobre ele e como seriam as aulas e aquele blá, blá, blá todo de primeiro dia de aula. A única coisa que ele fez foi escrever no quadro o nome da primeira matéria: Óptica Geométrica. Na hora eu achei que fosse ser massacrada logo no primeiro bimestre, porque o nome da matéria parece assustador (sou um lixo em geometria), mas na terceira aula, quando o professor voltou e explicou a matéria, eu vi que era bem mais fácil do que eu pensava. (eu sou boa em física. Na verdade, em exatas eu sou quase ótima).
A segunda aula foi de Espanhol, quando eu vi que era assim eu comecei a pensar que as aulas eram iguais as do ano passado porque os horários eram assim também. A professora é diferente da do ano passado e deu aula mesmo sobre Pretérito Indefinido. Eu não gosto de espanhol apesar de gostar da cultura latina. Sem falar que ano passado essa matéria deu a maior encrenca. De qualquer forma, a professora passou um dever de casa no livro que eu já fiz.
Depois da terceira aula que foi de física também, veio a aula de redação. Aí eu percebi que os horários não estavam iguais. O problema é que redação é a minha matéria preferida, e esse ano vai ser tão focada em produção de textos que logo na primeira aula a gente já teve que produzir 3 textos, só que o professor desse ano é o professor que eu mais odeio. Ele é um idiota que tentou ferrar a gente em literatura ano passado e que tem mania de grandeza, o que eu acho um saco. Eu amo redação e ele como professor estragou tudo! O único lado positivo é que tendo que aguentar ele, pelo menos eu vou me esforçar mais pra poder esfregar minhas notas naquela cara feia dele e quanto mais eu me esforçar na escola, mais eu tenho chances de me sair bem na redação do Enem e do vestibular (que eu vou tentar esse ano pra treinar). Isso significa que eu vou ler ainda mais e escrever também. Já tô começando outro conto até. Eu estou escrevendo mal depois desses 3 meses de twitter, mas eu preciso me concentrar mais agora. Eu sei que eu pareço extremamente nerd falando assim, mas escrever é tipo tudo pra mim, e eu sou muito, muito competitiva.
Então veio o intervalo (que eu passei lendo O Hobbit que eu ainda não terminei) outra aula de redação, e finalmente a última aula: Artes. O professor é novo e é do tipo que saiu da faculdade a pouco tempo e tem grandes planos. Ele é divertido, espontâneo  e bem artista mesmo, mas não tem muita ideia de como tomar conta de uma sala de adolescentes. Não tô dizendo que eu sei. Na verdade minha experiência como professora de reforço foi uma droga porque eu sou um lixo dando aula.
Na última aula também finalmente entregaram os horários de aula e o calendário de provas. Basicamente mudaram os professores que eu mais gostava e deixaram os que eu menos gosto. Meu professor de história ainda é um mistério porque no horário só tá a sigla "MP" não faço ideia de quem seja. Além disso, minhas provas de história e geografia que definiriam a semana de One More Time, ficaram na mesma semana que as provas de Matemática, que agora serão à tarde o que bagunçou um pouquinho, mas eu me viro. (Aliás essa semana deveria ser semana de One More Time, mas eu vou ter que adiar de novo pra semana que vem).
Hoje meu celular desligou sozinho (ou eu desliguei dormindo, não sei) e eu perdi a hora, por isso tô postando tão cedo. Amanhã vou ter que pegar as matérias porque esse ano não posso ficar pra trás.
Até mais.
G.

You May Also Like

1 comentários