De mudança (de novo)

by - 20:12

Já comentei que eu ODEIO mudanças? Então, no mês passado eu falei que talvez fosse me mudar, e depois que não iria, e depois que ia de novo. Eu já estou nela. Na verdade já tô acabando agora. Esse post era pra sair antes, mas a maldita mudança atrasou ele.
Explicando do início, quando a gente veio pra cá, a gente ia ficar no apartamento que era do meu tio (que na verdade é irmão, do marido da minha tia avó e filho da prima da minha bisavó) já que ele estava se mudando pra uma casa nova que ele comprou 3 anos atrás. Mas aí começou uma reforma nessa casa, e só pode sair de vez do apartamento em setembro passado, e só tirou tudo do apartamento e terminou pequenos concertos pra gente no sábado. O que fez com que a gente tivesse que ficar aqui, no apartamento que eu moro agora (que é exatamente em frente ao apartamento do meu tio, só que no outro prédio) e pelas próximas 1 semana e meia provavelmente. Foram 2 anos que passaram nessa enrolação toda, e agora que eu finalmente vou pra lá, eu simplesmente não queria. Eu só vou porque vai ser melhor pra minha mãe e tudo, mas se eu pudesse escolher, eu ficaria nesse apartamento até finalmente me mudar pra New York, o que não vai ser uma mudança dolorosa.
A questão é que, eu ODEIO mudanças. Eu tenho dito muito isso, mas é porque é a verdade. Ok, que tipo, eu cheguei a morar em 4 cidades em 2 anos, mas isso foi muito traumático tá? E ok que desde que eu nasci eu já morei em tipo 16 casa, mas por mais especialista que eu seja no assunto, nada disso me faz odiar menos mudanças. E todo mundo tá dizendo que eu não deveria reclamar tanto porque o apartamento é de frente um pro outro. Mas tipo, eu tenho que descer 8 lances de escada, subir de novo, descer outra vez e subir de novo pra ir de um apartamento pro outro.
Caso eu não tenha deixado bem claro meu ponto de vista, as regras em mudanças são basicamente as seguintes:
- Quanto mais pesado o objeto, maior a distância entre uma casa e outra.
- Não importa o quanto você já empacotou e mandou pra casa nova, sempre tem 3 vezes mais coisas pra fazer isso.
- Com comida é basicamente assim: você come tudo na casa velha pra diminuir o peso, e nos primeiros dias na casa nova, morre de fome.
- Prepare-se para os dias sem internet, tv e onde seus livros e distrações estarão enterrados no meio de pilhas de coisas que você vai ter que organizar se quiser voltar a ter uma vida.
- Mudanças não são como tarefas domésticas simples. Se você não fizer nada, nem em casa você entra.
- Dor e exaustão são seus novos melhores amigos. Pode tentar pedir ajuda a eles pra levar tudo e arrumar.
- Se você curte acampamento, vai amar aqueles primeiros dias em que a gente tem que dormir no chão.
- Fazer dever de casa no chão nos primeiros dias, é o que há.
- Se você não tiver homens fortes em casa pra levar as coisas como geladeira, sofá, fogão, máquina de lavar e guarda-roupas, boa sorte.
- Jamais cometa o erro de ficar aliviado (a) quando tudo for de uma casa pra outra. Ainda tem muito pela frente.
That's it. Ainda bem que minha mudança já tá acabando. Agora eu tenho que ir, porque tô no apartamento antigo pegando internet já que no novo ainda não pega direito.
Boa noite.
Amo vocês.
G.

You May Also Like

0 comentários