XVI Bienal do Livro Rio: Parte 1

by - 06:41

Olááá, BOM DIA NESSAS 6H30 DA MANHÃ DE SÁBADO!!! Como vocês vão? Curtiram As Crônicas de Kat? Tentaram comentar? Porque o blogger tava uma bosta para ser comentado esses últimos dias, eu sei. Mas agora, vamos deixar a Kat viajar um pouquinho antes do capítulo 2 e fazer um superespecial em comemoração à chegada da XVI BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO DO RIO DE JANEIRO!
Eu vou pra lá daqui a pouquinho (saindo as 7h30 e voltando, e no dia 8 de setembro (e talvez SE DEUS QUISER dia 06 também). Depois de hoje eu vou fazer uma maratona de resenhas de livros que eu li mais recentemente e no dia 9, o resumão dos dias de festa.
Esse primeiro post vai ser atualizado durante todo o dia, e depois refeito no dia 8 para que vocês possam ficar de olho em tudo que eu vou fazer no evento. Esse gadget ↓ vai ficar atualizando o dia todo com as fotos que eu vou postar.

INDISPONÍVEL

E esse gadget, vai ficar com os posts do twitter. Vocês podem acompanhar a cobertura por aqui, atualizando a página o tempo todo, ou pelas redes sociais porque eu não ligaria de ser seguida :p

INDISPONÍVEL

Além disso, cada vez que eu fizer uma pausa eu vou postar alguma coisa aqui, falando sobre como anda o evento. NÃO DEIXEM DE OLHAR, porque eu vou tirar o máximo possível de fotos (inclusive da Carolina Munhóz e do Nicholas Sparks, entre outros) e muitas delas eu não vou conseguir postar no insta, além das atualizações que não vão poder ser ditas em 140 caracteres. Espero que vocês amem tudo <3 
G.

9h18 - Rio Centro: Acabamos de chegar e já estamos numa fila imensa. Descemos no terminal alvorada e minha mãe só reconheceu o ponto porque quem lê tem uma cara diferente. Ta uma confusão aqui na fila porque ninguém sabe onde vai ser o que.  VÃO ABRIR OS PORTÕES ANTES PORQUE TA MUITO CHEIO. TO INDO.

11h20 - O Nicholas Sparks abriu a chance de autografar os livros de TODO MUNDO QUE TA AQUI. Já tinha acabado as senhas quando ele mudou de ideia. Tem mais de 2 mil pessoas e ele vai autografar TODO MUNDO. To na fila agora. Já fui no troca-troca do #acampamento e troquei 7 livros. TEM MUITO LIVRO BOM LÁ. Vou encobrisse bateria pra tirar fotos com o Nicholas e a Carol ❤

21h06 - Home Sweet Home - Depois daquela hora, não só eu precisei guardar bateria pras fotos como o 3G ficou negativo e inoperante. Sério, até a própria Carol reclamou disso.

RESUMÃO: E aí??? Eu sei, eu sei, eu sou um doce de pessoa por ter entrado ontem morrendo de dor de cabeça só pra dizer pra vocês porque eu tinha sumido no meio da cobertura e tentar escrever o resumão, vocês não precisam dizer. Mas sério, depois daquela hora, tudo se resumiu em passar 3 horas na fila do Nicholas e depois desistir.
Quando a gente entrou no evento, fomos direto para o auditório, mas os seguranças já não estavam deixando ninguém entrar porque tinha atingido 400 pessoas na fila para a senha. Foi quando eu avisei no twitter o que tinha acontecido. Então nós fomos até o outro pavilhão ver o acampamento. Um pouquinho depois de trocar os livros na estante troca-troca (foto - esses são os meus, tem mais 2 da minha mãe e um da minha irmã), nós ouvimos o aviso no mega-fone de que o Nicholas ia atender todos e que era pra todo mundo se dirigir ao auditório Rachel de Queiroz, com calma. Acontece que a essa altura, a fila tava na Sala de Imprensa (deem uma olhada no mapa do pavilhão azul pra ter uma noção) então foi meio ilógico dizer isso. Mas foi na fila que eu vi as meninas do Leitora da Depressão pela segunda vez, e finalmente tive coragem de pedir fotos e ganhei um marcador (na foto dos livros).
Enfim, depois de algumas corridas, algumas pausas e alguns revesamentos entre eu e minha mãe para descansar um pouquinho (e muitos gritos de quem tava na frente do auditório, o que causou MUITO mimimi das pessoas que tavam na fila comigo. Tipo sério, o que vocês esperavam de um evento desse numa cidade com 6 milhões de habitantes? Damas da sociedade segurando a ponta de seus lindos vestidos com o dedo mindinho levantado? Pelamor) eu fui almoçar na frente da saída do auditório 3 a cada 5 garotas que saiam do encontro com o Nicholas saiam dizendo "ele é tão gostoso!". Será que era o Justin Bieber lá dentro? Nunca saberemos. (NÃO TÔ CHAMANDO O JUSTIN BIEBER DE GOSTOSO tô dizendo que essa é a reação que a maioria das garotas tem na frente dele).
Um pouco depois (e por isso que eu nem almocei direito), deu 13h50 e eu corri pro acampamento para pegar a senha do bate-papo com a Carolina Munhóz pelo menos pra garantir meu lugar. Fui correndo no acampamento e graças a Deus 14h, consegui pegar uma senha. Depois foi só eu voltar pra fila que mamãe desistiu. A bagunça era imensa, e não tava andando direito. Foram mais de 3 horas na fila esperando e nada porque quem tava invadindo era que conseguia alguma coisa. De acordo com o twitter da Bienal o número de pessoas foi 40% maior do que o esperado e isso causou a desorganização. Não é por nada não, mas EU AVISEI que daria muito mais gente que o estimado várias vezes essa semana. De qualquer forma, eu só posso dizer que valeu super a pena desistir da fila, curtir um pouquinho o estande da Alemanha e depois ir pro bate-papo com a Carol evento que merece um post só pra ele, como eu disse que faria.
Vejo vocês amanhã, com surpresas.
G.

You May Also Like

0 comentários