Diário de Bordo 3 - Make It Magical - Parte 3: Ação de Graças!

by - 18:44

Boa tarde pessoas (tem luz e é depois de meio-dia, é tarde - as vantagens do horário de verão, ou não). Então, faz tipo assim duas semanas que eu deveria ter postado esse post, mas eu não fiz isso e como eu sou espertinha vou dizer que a culpa é das provas finais, mesmo isso não sendo nem um pouco verdade. Não critiquem, pelo menos eu mudei o template do blog. Aliás, gostaram? Deu menos trabalho do que eu imaginava e ficou bonitinho. Vocês não acham que tá bonitinho? NÃO ACHAM?
De qualquer jeito, eu sei que o feriado de Ação de Graças não é comemorado no Brasil, mas a Black Friday agora é, então eu acho mais do que justo que também, nós, desse país varonil (a pessoa passa duas semanas sumida e quando volta vem com essas frases), tiremos um dia (que deveria ter sido comemorado 2 semanas atrás, mas como vocês viram, não rolou) para agradecer por todas as coisas boas que aconteceram esse ano. Eu, na verdade, estou muito feliz porque minha lista tem mais de 2 itens já que esse ano passou bem longe das minhas expectativas para ele. ("Acho que eu vou parar de ter expectativas"  - todos os tumblrs com frases de superação).

Eu sou grata por...

...1. Ter tido aula de genética esse ano. Pra quem não sabe - porque eu continuo dizendo isso? ninguém sabe e quem sabe não lembra e quem lembra não liga - eu odeio biologia. O que é irônico já que minha mãe trabalha com saúde e meu livro tem bastante coisa sobre """""ciências""" (com muitas aspas porque eu ainda estou tentando deixar claro nas notas iniciais do livro que por mais esforço que eu tenha feito pra história fazer sentido, ela não faz nenhum).
E é por isso que foi uma  benção ter metade das aulas de biologia sendo aula de genética. Genética é a gêmea do bem da biologia, a bruxa boa da biologia entre outras analogias que eu ia fazer, mas desisti porque eram ainda mais sem noção do que essas. Foi graças a genética que eu consegui passar direto em biologia, matéria que eu sou péssima, mesmo que eu tenha me ferrado totalmente em matérias que eu costumava ser boa - mais sobre isso sexta-feira se Deus quiser e ele quer.

...2. National Novel Writing Month. Siiim, eu venci. Quase morri, mas venci. Escrevi 6 mil palavras no penúltimo dia, mas venci. Agora estou na fase de revi... MENTIRA, eu cheguei a 50 mil palavras, mas não terminei a primeira versão do livro. E o meu outro livro ainda não terminou de ser revisado, então eu vou para o próximo. Em relação ao livro que eu escrevi no NaNoWriMo, eu estou frustrada porque não tem cenas românticas o suficiente </3 Sério gente, eu tô carente pelos meus personagens. A cena mais romântica é no início e é totalmente interrompida porque eles precisam salvar o mundo e tals, tipo, o mundo não é importante queridos, voltem para o quarto e EU TÔ DANDO SPOILER DO LIVRO DOIS, OK PAREI.
De qualquer jeito, eu estou muito agradecida pelo NaNoWriMo, porque me ajudou de formas que eu não acreditava serem possíveis e mudou minha vida pra sempre. Mesmo que eu tenha ficado um pouco mais decepcionada com a comunidade de escritores brasileiros no fim do mês, mas não interessa, estou grata e ponto.

...3. Meu celular. Não que eu seja uma pessoa impaciente, mas meu celular me ajudou a testar muito minha paciência esse ano. Primeiro, eu fiquei duas semanas sem ele em março, porque o cabo do carregador quebrou. Comprei um novo e o celular levava 2 dias - sério, literalmente 2 dias - pra carregar completamente porque o cabo não era próprio para carregamento, só para transmissão de dados. Esse mesmo cabo quebrou outra vez em maio e eu só pude comprar outro no finzinho de junho! Aí no início de agosto a belíssima aqui deixa o celular cair e ele fica com a tela completamente destruída. Consertei em outubro, mas o botão de início e o que ativa o vibracall pifaram. No meio de novembro, a vibração parou de funcionar de vez, então basicamente eu tinha que deixar meu celular com som o tempo todo ou não via quando as duas únicas pessoas que sabem que eu existo - minha mãe e minha irmã - me ligavam ou mandavam mensagem. E pra fechar o ano com chave de ouro, na quinta eu deixei ele cair outra vez e ele trincou a tela e quebrou um pedacinho da capa de trás (pra quem não sabe - de novo - eu tenho um iPhone 3GS), maaaaaaaaas, voltou a vibrar! Só que o cabo do carregador tá começando a quebrar de novo. Como não ficar agradecida por ter essa maravilha na minha vida?

...4. Literatura gótica. Eu sei que colocar isso como último é mal, mas não tem como não agradecer. O que seria de mim sem os livros góticos esse ano? Me digam com o que eu perturbaria vocês? Com o que eu começaria uma web novella? Como eu viveria sem minhas vampirinhas? Aliás, totalmente no assunto eu queria muito uma pessoa que fizesse desenho a lápis das vampiras de ACDK. E com isso eu quero dizer a Kat, a Ellie a Sophie, a Anika e as outras três que eu adicionei a O Exército de Kat hoje e que serão transformadas no capítulo que estréia nessa quinta-feira, dia 12.

Enfim, é isso, a lista ficou bem pequena, mas eu realmente não estou no clima mais grato de todos no momento. Na verdade, eu estou tensa, preocupada, cansada e me sentindo mal porque eu não tenho controle dos meus sentimentos assim. De qualquer jeito, eu volto antes do fim da semana.
ILY.
G.

P.S.: Eu não sou viciada em parêntesis (Eu podia parar se eu quisesse). (Totalmente).

You May Also Like

1 comentários

  1. Giulia, pq vc fico decepcionada com a comunidade de escritores? msm vc falando q não interessa eu fiquei curioso com isso :)

    ResponderExcluir