Copa vai ter, mas vai ter o quê mais?

by - 11:58

Esse post tá superatrasado porque, tipo, a Copa vai começar em algumas horas, mas vocês realmente deviam agradecer aos céus e à Marcelha, que me lembrou postando um vídeo sobre o assunto ontem, porque senão esse post ia acabar nem saindo.
Como eu sempre faço antes de falar sobre qualquer assunto, eu tenho que me explicar: Primeiramente, eu não gosto de futebol. Por isso mesmo que não torço pra time nenhum. Mas como eu nasci nesse país tropical abençoado por Deus e bonito por natureza, eu sei sobre futebol o suficiente para sair do meu casulo natural de antisocialidade e torcer com a galera na Copa, com direito a ficar sem voz depois de um jogo com muitos gols. A verdade é que eu adoro a cultura do meu país. Ela faz parte da minha identidade, é um daqueles legados que eu disse que a gente recebe antes de nascer. É claro que prefiro vários outros aspectos da cultura nacional ao futebol, mas mesmo assim e mesmo amando muito meu país eu sou totalmente contra o tal do movimento "Não vai ter Copa".
Aaaaah, não me entendam mal, se 5 anos atrás quando foi anunciado que a Copa seria no Brasil, o povo tivesse pensado: "OPA, A GENTE NÃO QUER COPA A GENTE QUER SAÚDE, EDUCAÇÃO, SEGURANÇA" aí eu teria concordado com esse movimento e provavelmente me jogaria nos protestos com a cara pintada e tudo. Mas naaaaaaah, tiveram mesmo que esperar todo dinheiro ser gasto/roubado para aí sim resolver que não queriam Copa? SÉRIO MESMO? Por mais que eu defenda a afirmação "O Brasil precisa de coisas muito mais importantes que a Copa", agora é tarde demais para ficar fazendo furdunço né?
E é por isso mesmo que eu defendo os protestos, greves e o caos, porém durante a Copa. No último mês o país inteiro tem vivido uma onda de greves que paralisou várias cidades importantes e fez com que jornais superimportantes no mundo inteiro, tipo o espanhol El País (o qual eu tenho acessado com uma frequência absurda já que daqui há 6 dias os novos rei e rainha de Espanha serão coroados e minha personalidade real favorita vai se tornar Princesa das Astúrias - mais sobre isso depois) tenham noticiado caos no país da Copa e até mesmo insinuado que o governo nacional vai tomar em relação aos vândalos, as mesmas atitudes que a polícia americana toma com terroristas. Vocês sabem o que faz um país ser um país? Reconhecimento internacional! Então eu pergunto: se os governantes já roubaram nossos impostos dizendo que usariam esse dinheiro na Copa, porque não usar a própria para a mostrar a verdade ao mundo?
Eu não estou me referindo a nenhum partido e nem ao governo para falar a verdade, porque foi o povo que colocou os governantes lá (aceitem que dói menos). Eu só estou realmente brava com o destino que essa coisa toda tem tomado. Vocês sabem que eu fiquei superfeliz quando os protestos começaram ano passado, até coloquei uma bandeira do Brasil no template do blog e ia participar da marcha do 1 milhão, mas como minha mãe ficou doente não deu. A ideia de destruir a estrutura do país e começar do zero, realmente me anima muito. Mas é claro que ninguém tem força de vontade para ir tão longe. Ninguém aceita que 514 anos de corrupção só se corrige com mais 514 de reforma. Porque, de verdade, me digam um ano desde a Descoberta que o Brasil não tenha sido roubado?? Não começou com o PT, não começou com o PMDB, não começou com a Ditadura. A corrupção do Brasil começou quando Pedro Álvares Cabral aportou em Porto Seguro, olhou para os índios e pensou "Nossa, que idiotas". Os brasileiros tem sido tratados como idiotas há mais de 500 anos. Não vai levar menos que isso para que se prove o contrário.
Eu queria pontuar também que não vai ser SÓ a base protestos (e muito menos de vandalismo) que a gente vai conseguir mudar alguma coisa aqui. Na verdade, protestos até são uma boa propaganda para o governo. Quer dizer, vocês acham que os deputados estão ligando MESMO para essa movimentação? Por favor, eles estão pouco se lixando para as condições do país, eles só não param de trabalhar porque a cada mandato cumprido a aposentadoria gigante deles cresce. Protestos mostram a liberdade e a prosperidade de um país. Você já ouviu falar de uma manifestação na China? De africanos indo pra rua reclamar de desigualdade? Talvez sim, mas esses movimentos não tiveram o mesmo impacto que os da Copa das Confederações no ano passado, porque eles são imediatamente barrados pelas autoridades. A liberdade de protestar é característica dos países desenvolvidos. Claro que houve represália, mas essa é outra característica. Se as pessoas conhecem seus direitos, isso mostra que existe educação e liberdade. O PIB do Brasil só tá que cresce, com atos como o Marco Civil só deixam o Brasil mais parecido com os Estados Unidos e que país - eu lhes pergunto, que país! - não quer ser visto lá fora como os Estados Unidos? RECONHECIMENTO INTERNACIONAL MEUS CAROS! Essa é a chave! O governo tá enviando para o mundo a impressão de que o Brasil é um país desenvolvido, somos nós que devemos mostrar que não é bem assim.
Sabe qual é o problema real do Brasil?? Tem sido repetido para nós que somos um bando de imbecis há tanto tempo, que até a gente mesmo acredita! Imagina só se ao invés de brigar sempre sobre quem é o "alienado" (EU ODEIO ESSA PALAVRA) da história todo mundo aceitasse que a gente tem apenas um objetivo - melhorar o país para todos e deixar de ser roubado como fomos desde 1500, beleza isso foram dois objetivos - e é por ele que devemos lutar? Mas nããããããooooo, o que todo mundo quer é se fazer de coitadinho e criar grupo no Facebook para reclamar do governo. Isso aí, o jeitinho brasileiro é se fazer de vítima e esperar que alguém acabe com os problemas! Querem que o país se resolva sozinho! 
E se ninguém fizer algo, e usar o próprio evento do governo para mostrar o que quer, ele não vai se resolver mesmo.
Sua, estressada, escritora,
G.

You May Also Like

2 comentários

  1. Fica estressada, não, Giulia, que isso não faz bem pra saúde! rs

    Meu amor, gostei muito de ler seu texto com ideias tão claras. É legal ver a juventude com consciência política e noção global; indo além dos comentários de jornais, revistas e (para ser atual) do que postam nas redes sociais.

    Concordo 100% sobre a questão temporal dos protestos contra a Copa. Também me indigna o fato de terem se revoltado apenas 6 (seis) anos após o anúncio do nosso país como sede. Ora, não seria mais lógico a demonstração de contrariedade quando o Brasil se candidatou?!!!! Lembro-me, inclusive de terem comemorado o anúncio na praia de Copacabana; mas enfim, né?

    Isso acho que reafirma seu pensamento (ou constatação) de que nosso povo gosta de se fazer de coitado. Como se ninguém tivesse nada que ver com isso tudo que está aí. Como se só tivéssemos conhecimento das exigências da Fifa em cima da hora. Como se só suspeitássemos que esse evento ensejaria o desvio de verbas públicas ano passado.

    Realmente, querida, precisaremos de bastante tempo mesmo para pôr ordem nessa bagunça toda aí. Aliás, só o nosso povo pode fazer com que esse processo seja menos doloroso e, quiça, até mais rápido.

    Lembro de uma frase de um filme em que a personagem dizia que não adiantava lutar por quem não queria mudar. É preciso que as pessoas queiram mudar; que elas estejam abetas para assumirem uma postura de responsabilidade em relação a tudo o que está aí, e entendam que são agentes ativos determinantes para um país melhor.

    De certo modo, você, com sua indignação e com suas palavras, que certamente se refletem por meio de atos, já está dando um passo nesse sentido. Agora, é mobilizar os seus amigos, parentes, conhecidos... quem você puder alcançar com a sua voz (ou suas letras).

    Beijão,

    Tia Núbia.

    P.S.: A-M-O blog. Lerei o seu assiduamente :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OOOi tia. É bom demais ver que meus pensamentos foram entendidos e estão certos. Obrigada por tudo ;)

      Excluir