Diário Artístico: A quantas anda Mais Uma Vez

by - 10:43

Ok, então dois meses atrás eu disse que a ideia era que MUV estivesse pronto para ser enviado pro CreateSpace no dia 30 de maio. Não rolou. Eu não preciso explicitar os motivos pelos quais o atraso aconteceu (tipo, minha eminente mudança de volta para a Bahia, o falecimento da minha mãe, o vestibular.. ok, isso foi explicitar), masssss como o Felipe pediu há umas semanas que eu fizesse um post contando como anda a revisão do livro, eu me dei conta de que eu tinha dito que ia postar Diários Artísticos conforme a revisão fosse andando e não tinha postado nenhuzinho.
No momento, a revisão tá congelada. Na verdade eu não reviso direito desde o dia 16/05 ou seja, faz uns bons 22 dias que eu não paro pra revisar o livro. O motivo é que a escola tava me deixando completamente louca. Juro por Deus, teve um trabalho que eu terminei essa semana que me tirou do sério. Era para fazer uma revista sobre a Ditadura e eu, que ia só escrever um texto, acabei me envolvendo com a diagramação, resultado: perdi três dias seguidos. Eu passava a tarde na escola, aí levava trabalho pra casa e ficava fazendo até desabar de sono, perdia aula pra poder terminar o trabalho da noite e voltava pra escola a tarde. Eu tinha começado a semana com listas de exercícios enormes para fazer, valendo um ponto cada um e acabei desistindo deles porque esse trabalho valia 4,0 em todas as matérias menos física e biologia. Eu deveria estar na escola agora, mas amanhã é o vestibular da UERJ, então eu estou indo pro Rio agora mesmo (esse post começou a ser escrito ontem na escola e está sendo terminado diretamente do Aeroporto de Confins, Minas Gerais) e essa semana ainda é a semana de simulados, então possivelmente eu só vou pegar o livro pra revisar nas férias - que começam na próxima quinta.
Meu processo de revisão é bem complexo. Eu dividi os acontecimentos do livro pelos capítulos e estou passando eles aos poucos de um arquivo para o outro. Conforme eu faço isso, eu vou mudando alguma coisas que eu acho que não se encaixam o livro. Quando a história estiver no arquivo novo, posicionada de forma cronológica e lógica eu vou reler o livro inteiro várias vezes. Enquanto releio, eu naturalmente vou mudando umas outras coisas e por isso vou continuar relendo até não querer mudar mais nada. Quando eu não quiser mudar mais nada, eu declaro o livro como pronto. Em relação a correção ortográfica, meu tio enviou um e-mail para um professor amigo dele que já revisou livros antes e por não me conhecer vai ser totalmente imparcial na hora de revisar e corrigir as gafes. Eu não queria passar o livro para outra pessoa antes da publicação, mas sei que ele é de confiança e eu preciso que alguém corrija nem que seja só a pontuação. Levando tudo isso em conta, eu diria que mais ou menos 7,5% do livro está pronto. É um número bem baixo, eu sei e posso sentir vocês me xingando, e também pode parecer que todo esse processo é muito demorado, mas na verdade não é tanto. Depende muito do tempo que eu disponho, do meu nível de inspiração, da coragem que eu tenho. Eu sou o tipo de pessoa que funciona bem melhor sobre pressão. Tipo, se o livro precisar ser entregue daqui a uma semana, eu provavelmente vou enrolar a semana inteira e fazer tudo na última noite. Sério, no último dia de NaNoWriMo eu escrevi mais de 6 mil palavras. O QUE EU QUERO DIZER é que eu garanto o prazo de publicar ele antes da Bienal. (E mais, garanto os capítulos de As Crônicas de Kat. Eu vou trabalhar feito uma louca, mas eu to precisando escrever muito, de verdade).
Acho que era só isso que eu tinha de novidade. Como faltam 22 minutos pra começar meu embarque pro Rio eu vou fazer minha boa ação do dia e terminar a página de SIDO (lá em cima) para vocês e colocar as novidades lá.
G.

P.S.: Eu não disse no último post, mas vocês vão poder acompanhar o andamento da minha Lista de Inverno na página Extras.

You May Also Like

0 comentários