Sobre volta às aulas...

by - 21:07

Ensino Médio. Então... por onde eu começo? Vou começar do começo. No ano passado eu também postei algo assim chamado "Crise Escolar" que na verdade foi postado no segundo dia de aula. Eu até ia postar o link dele aqui mas quando li ele achei tão ridículo que se você está tão afim de ler esse post assim vai ter que voltar página por página até o primeiro post do blog que só caso você queira saber tem, 82 posts. Depois como eu disse no post do aniversário ontem eu postei o "E o problema continua sendo as castas...". Mas enfim, eu só voltei até o ano passado pra falar sobre isso aqui:
Eu sou um ano adiantada na escola porque aprendi a ler sozinha e blá, blá, blá. E todos os anos desde a quinta série e pensava "Meu Deus, eu já estou quase acabando" e ficava superfeliz. Na verdade essa coisa toda se deve ao fato de que eu quero acabar lá a escola e poder fazer as coisas que eu amo. 
Esse ano, até ir pro ponto esperar o ônibus pra ir pra casa, eu não estava realmente pensando na escola, o que me garantiu uma boa noite de sono (quando eu fico ansiosa em relação a alguma coisa geralmente eu tenho pesadelos repetitivos ou sonhos muito intensos que me fazem acordar cinquenta vezes). Apesar de ter todos os motivos pra surtar com a grande mudança do ensino fundamental pro ensino médio (Nossa que drama nem é uma mudança tão grande assim), eu estava muito focada em muitas outras coisas (inclusive o aniversário do blog) pra me preocupar com banalidades com minha vida social na escola ou até as mudanças de nível que a nova escola podia trazer, e blá, blá, blá. E talvez seja exatamente por isso que eu fui até surpreendida pela escola.
Em primeiro lugar: Eu sou da turma 101 que fica na sala 23. Tire o zero e junte os números Smilers, 1123! Nada demais, (ou talvez seja algo realmente demais pra mim que sou Smiler) mas eu gostei da combinação de números.
Além disso, eu fui recebida sem a mínima pressão de fazer amigos (só duas garotas tentaram fazer isso mas não deu muito certo). Eu odeio quando as pessoas começam a falar comigo e puxar assunto sem o mínimo sentido só porque se sentem forçados a isso. Não acontecem em todas as escolas que eu estudei mas em boa parte delas. A questão é a seguinte: nos primeiros dias eu gosto de ficar quietinha e me focar na escola. Se a gente tiver coisas em comum, mais cedo ou mais tarde elas vão aparecer e a gente vai poder conversar direito. Na escola nova essa pressão não rolou.
Depois de um tempo eu me dei conta de que (por mais que estivesse cheia de motivos para ficar de outro jeito) eu estava confortável na escola. Eu me dei conta de que não estava ligando para se as pessoas estavam olhando pra mim ou se eu ficava esquisita com o que estava usando (e agora com um uniforme, mas sem surpresas nem um uniforme fica bom em mim, porque eu sou alta e magra demais pros padrões dos uniformes desse país). Eu percebi, como já tinha visto que fazia quando saia de casa sozinha ou com outras pessoas, que eu conseguia ficar presa em uma bolha, um mundinho só meu, onde só o que eu penso sobre mim, conta. E eu também aprendi que quanto mais incrível você se sente, mais incrível você está (não tem nada a ver com "pensamento positivo". Ok talvez tenha. Mas não em sua totalidade.) (Se bem que eu já fiquei triste, me olhei no espelho e pensei "Ei, você é linda porque está chorando?" as vezes quando ninguém diz, dizer pra si mesma funciona. Você tem que lembrar que é perfeito[a] porque Deus o criou a sua imagem e semelhança).
Mas enfim, o que eu quero dizer é que em um momento meio preocupantemente triste da minha vida (sabe o show da Sel? Então... entre outras coisas) eu me senti bem no último lugar do mundo em que eu pensei que me sentiria assim.
Mas falando das qualidades da escola, que eu já disse que é a melhor que eu já estudei (e olha que eu já estudei, em Colégio Betesda, Colégio Adventista, Colégio Militar, Praça Escola e Colégio de Aplicação - poooois é). A escola é grande mas de um jeito que você consegue se virar lá dentro sem se perder, os banheiros e bebedouros ficam no caminho de qualquer coisa na escola. Os banheiros são limpos e SEMPRE tem sabão (trauma antigo de banheiros sem sabão). A quadra é pequena e em lugar não muito quente pros padrões municipais.
Sem falar em dois detalhes: minha sala é a mais quieta que eu já tive ever. No início eu fiquei surpresa porque tipo tooodo mundo sem exceção (as bicthes, os nerds, os funkeiros, os quietinhos, TODO MUNDO) ficava quieto durante a aula. Eles tipo super obedecem a regra do "enquanto o professor escreve pode falar, mas quando ele explica todo mundo fica quieto". Não que eu seja o tipo de aluna que manda o povo ficar quieto, mas durante meus 10 anos de escola ( jardim I, jardim II, mais 8 de fundamental) eu nunca gostei de ter que aguentar bronca de professor, coordenardor, diretor, porteiro, moça da cantina, PMs (quando eu estudava no militar), faxineiro, lixeiro e até das pessoas que vendem coisas na frente da escola por bagunça na sala, que é algo que eu não faço usualmente, mas como todo mundo faz eu entro no meio. E agora eu simplesmente tenho uma turma quieta e calma.
Mas esse comportamento da turma 101 é muito explicado se você considerar os professores. Com exceção dos meus professores de Física (ah sobre isso: ano passado eu era metida por ter mais matérias que o resto do ensino fundamental. Agora eu tenho: Matemática I, Matemática II, e Matemática III, Física I e Física II, Biologia I e Biologia II, História Geral e História do Brasil além de ter Português, Literatura, Redação, Filosofia, Química, Geografia, Educação Física, Inglês, Espanhol e deixa eu ver se não esqueci de nada... ah é claro, Artes), que me deixaram quase dormir na aula deles (não sei se tinha muito a ver com a aula mas os outros professores não fizeram isso. Talvez esteja relacionado a minha antipatia por Física. Física é o tipo de ciência que pega as coisas simples que eu admiro por sua simplicidade e transforma em algo complexo e cientifico sabe, por um lado é bom saber mais sobre tudo, mas por outro uma simples sensação como frio é causada pela atmosfera roubando energia térmica do nosso corpo ou sei lá o quê), todos os meus outros professores são incríveis. A maioria da aula de um jeito incrível e simples, fazendo piadinhas e conversando com os alunos e até mesmo os que não são engraçados sabem dar aula de um jeito que eu gosto. Até a aula de educação física é de certa forma ótima, porque tem natação e hoje mesmo foi "ou você nada, ou você não faz nada" e como eu não estava pronta pra nadar fiquei lendo. A aula perfeita *-*. Eu ainda não curto Biologia, Geografia nem Química, mas pelo menos consigo prestar atenção nas aulas e absorver alguma coisa. E a aula de História do Brasil foi assustadoramente muito boa! Eu simplesmente me envolvi de verdade na aula o que eu faço nas aulas de História Geral, mas não nas de História do Brasil (é, não sou muito patriota). Eu estava focada na aula, o que acontece tipo... NUNCA.
A escola é super bem equipada e confortável e ela só é 2 anos mais velha que mói. Eu me pergunto como uma escola de 16 anos pode ter melhor segurança e tecnologia do que uma com 49 anos (a escola que eu estudei ano passado. Não se deixe enganar pela aparência dela).
A minha única decepção em relação ao ensino médio é (minto, são duas se você se lembrar que geralmente os garotos mais bonitos da escola são os do ensino médio só que eu não vi nenhum da minha classe, pois é. Se bem que os do primeiro ano desse ano são os mesmos que fizeram parte do 9º ano, ano passado. então eu não podia pedir muito): Apesar de eu ser uma boa aluna tinha gente me colocando muito medo em relação ao ensino médio dizendo que agora ficaria difícil de verdade.. e tal. Eu estava mais animada que com medo, especialmente em relação a história. Minha mãe me animou também afinal é no ensino médio que você aprende a essência do que aprendeu antes. E considerando que a escola é uma experiência que eu vou ter que enfrentar, eu pego sempre as melhores partes disso tudo (eu ainda preferia ficar em casa ou começar a trabalhar logo com o que eu gosto, mas não posso então que seja) e uso pro meu próprio bem estar escolar por assim dizer. De qualquer jeito, já que tanta gente odiou o ensino médio, eu estava esperando um desafio maior da escola. Tudo bem que é o terceiro dia de aula, mas todos os outros anos (especialmente a sexta série) foram mais complexos no início que esse ano.

E é isso, amanhã eu tenho aula então vou ajeitar o calendário do especial agora, ver The Secret Circle e domir.
Boa Noite,
Juh'

You May Also Like

0 comentários